Projetor Caseiro – Guia de Compras

Comprar um projetor para utilizar em sua casa não é uma tarefa fácil. O mercado é grande e existem uma diversidade de produtos que tentam captar sua atenção falando que são perfeitos para suas necessidades.

Você querer ter apenas assistir filmes com uma qualidade mediana, ou montar um quarto escuro especializado em rodar filmes com incrível definição.

Para ter certeza do que não vai fazer a escolha errada, é necessário se fazer algumas perguntas antes de começar:

• Qual é a proporção de tela que melhor se adapta aos seus principais programas?
• Qual é a Resolução que servirá melhor para seu propósito?
• O quão brilhante ele deve ser?
• Quanto contraste você precisa?
• Quais são as restrições de instalação?
• Qual é o Custo?

Irei analisar cada uma dessas perguntas nas páginas abaixo, explicando quais opções existem atualmente no mercado e quais os pontos fortes e fracos de cada um. Com isso, sua escolha será muito mais assertiva. 

1. Proporção da Tela

Alguma vez na vida você já se deparou com os termos 4:3 ou 16:9 ao mexer nas opções de sua TV ou de algum outro tipo de monitor. Mas, ao que eles se referem?

Eles representam a proporção da tela, ou para explicar melhor: a forma retangular do vídeo. As TVs e monitores mais antigos tinham como padrão o 4:3, ou seja, a imagem possuía 4 unidades de largura para cada 3 unidades de altura.

As novas TVs FullHD já possuem um formato diferente, o 16:9, que significa 16 unidades de largura por 9 de altura.

Abaixo, você consegue ter uma visão de como cada tipo de resolução nativa aparece em diferentes tipos de projetores.

black-bars-aspect-ratio-16-9-21-9-4-3-cinemawide

O problema é que apesar de projetores possuírem especificações técnicas bastante padronizadas, os vídeos e filmes que você assistirá neles provavelmente virá da forma mais variada possível. Eles podem vir em 1.33, 1.78, 1.85, 2.00. Filmes em Blu-ray chegam até a 2.35 ou 2.4.

Não importa a proporção de tela do projetor que você comprar, ele não vai servir para todo o material que você deseja assistir em seu tamanho oficial.

Qual proporção de tela devo escolher?

Existe a opção de utilizar uma combinação 4:3 para assistir filmes clássicos – já que esse foi o padrão estipulado pela indústria cinematográfica pós 1953, ou também optar pelo uso de um equipamento super-widescreen de 21:9 para filmes recentes que usam esta resolução.

Mas a opção mais comum de projetor para Home-Theater é a  de um aparelho 16:9 com uma tela de 16:9, exatamente porque a maioria do conteúdo de HDTV e filmes que existe atualmente chega nessa resolução.

 

 

2. Resolução

A resolução ( ou melhor, a resolução nativa) de um projetor é simplesmente o número de pixels que estão disponíveis para criar a imagem. Ou seja, quanto maior a resolução, mais pixels.

A definição da resolução vem por meio de dois números, que são dispostos com um x no meio. Um exemplo disto é a resolução 1280×800.

resolution-comparison-uhd

O primeiro número indica quantos pixels existem em cada linha, enquanto o segundo número demonstra o número de pixels por coluna. Se você multiplicar um número pelo outro, terá o número de pixels que seu projetor tem (neste caso 1.024.000).

Frequentemente, a resolução de projetores e televisões são definidas apenas por um número, tal como 720p ou 1080p e se referem apenas as linhas verticais de pixels – o segundo número da definição anterior.

O “P”, ao contrário do que imaginamos ser, não se refere a palavra pixels, e sim a palavra progressive-scan, que indica que a imagem inteira é apresentada ao mesmo tempo.

Basicamente, quanto maior a resolução, mais caro e com maior definição será o projetor. Apresentar mais detalhes de uma imagem ( pensando que ela já possui essa qualidade prévia) e eliminar a visibilidade da estrutrura de pixels são os principais benefícios de um projetor com alta resolução.

Aqui não tem muito o que pensar, já que o interessante, é claro, é que você tenha a melhor resolução possível, mas isso vai depender do quanto você tem para gastar.

 

3. O que é Brilho?

O brilho é uma parte importante do projetor, já que depende dela a clareza com a qual você consegue enxergar a imagem.

A iluminação que enxergamos depende da quantidade de iluminação liberada pelo projetor junto à capacidade de reflexão da tela que recebe esta luz.

A principal forma de medição usada pelo mercado para mensurar o brilho é a taxa de ANSI lumens. Ela mede a luz que é gerada pelo projetor.

Existe também a medição foot-Lamberts(fL), que considera a quantidade de luz refletida pela tela onde a imagem está sendo projetada. Por abranger mais informações, o foot-Lambert é o melhor método, mas como depende de outros fatores além do projetor, o padrão da indústria se tornou o ANSI lumens.

Comparação de Brilho entre projetores

Quantos ANSI lumens eu preciso?

Quando pensamos em projetores caseiros – para uso com home-theater, Brilho não é a principal característica a ser desejada. O que precisamos aqui é de um projetor que seja capaz de produzir a luz necessária para que um bom nível de contraste seja atingido, sem que ultrapasse o limite de luz que acaba por nos causar fadiga nos olhos.
Outro ponto importante é que diversos modelos de projetores possuem opções de otimização de vídeo que ajudam a dar mais brilho. Neste caso, projetores de 700 ANSI lumens conseguem ser mais brilhantes do que modelos de 1500 ANSI lumens.

Para projetores que serão utilizados como  home–theater, não se preocupe com o brilho. Procure por todas as outras características que discutimos aqui, que o brilho acompanhará a qualidade do equipamento.

4. Contraste – Porque é tão importante.

952x453px-LL-c16b4ae0_dlpvsjvc2

A esquerda, uma projeção com maior taxa de contraste

O contraste é a diferença de brilho que existe entre as partes mais claras e as mais escuras de uma imagem. Quanto maior esta diferença, maior é o contraste.

Quando falamos de projetores para empresas, os ANSI Lumens são extremamente importantes e o contraste é uma segunda preocupação. Para projetores Caseiros ( Home-Theater) ocorre exatamente o contrário. Contraste é o item mais importante para esse tipo de equipamento. Um projetor de alto contraste produz uma imagem com um nível de preto profundo e detalhes de sombra claramente definidas. Contraste, na sua essência, dá “profundidade” às imagens. Um projetor com excelente contraste pode fazer uma imagem bidimensional aparecem quase tridimensional.

 

LG-BD430-LCD-Projector-1024x768-XGA-2700-Ansi-D-Sub-HDMI-Input-03

Outra visão interessante de como a taxa de contraste ajuda a enxergar mais detalhes e profundidade.

O que é uma iris dinâmica e como isso afeta o contraste?

A íris dinâmica é um equipamento que é acoplado entre a lampada e a lente. Várias vezes por segundo, o projetor analisa qual é o brilho total da imagem projetada e abre e fecha a iris para permitir que mais ou menos luz passe pela íris.

Esse equipamento é capaz de melhorar o contraste on/off; Cenas escuras ficarão mais escuras e as claras, mais claras. É importante salientar que a iris não afeta o valor de ANSI lumens, então você pode acabar se enganado, já que um equipamento com menos ANSI lumens e íris dinâmica pode performar melhor do que um que possua maior valor neste quesito.

A importância de uma sala escura.

Qualquer tipo de sistema de projeção frontal tem a sua capacidade utilizada ao máximo em salas escuras e com paredes não refletoras ( tal como um cinema). A partir do momento que há luz no comodo, ela faz com que o preto pareça um cinza. Isso reduz o contraste da imagem, fazendo parecer que ela está mais chapada e diminui a capacidade de contraste que qualquer equipamento.

Se você não quer montar uma sala apenas para o uso do projetor, existem telas de alto contraste que ajudam a sanar um pouco desse problema, mas nunca obterá o mesmo resultado  do que uma sala sem luz.

5.Instalação

De nada adianta ter um projetor incrível se ele não servir com o equipamento que você já possui em casa. Logo abaixo, vou abordar algumas funcionalidades que ajudam na melhor adaptação do equipamento.

lens480

Lentes com Zoom

As lentes que possuem zoom são capazes de projetar imagens maiores ou menores apenas ao trocar os elementos internos e ópticos da lente. Com isso, é possível entregar a o tamanho de imagem desejado em diferentes distancias.

O zoom de um projetor tem diferentes medidas que significam a mesma coisa. Podemos encontrar a relação 1.20:1, que significa 1.2x de zoom, ou 20% de zoom a partir da imagem inicial.

Lentes Deslocáveis

Outro item que facilita – e muito – a utilização de um estetoscópio são as lentes deslocáveis. Com elas, é possível mexer a imagem para cima ou para baixo e para os lados, enquanto ele permanece parado.

Com isso, além da comodidade de não ter de colocar o projetor no ponto exato de projeção, você diminui bastante a necessidade de corrigir a imagem, que se transforma em formato de trapézio dependendo do ângulo em que estiver posicionada.

Lentes deslocáveis verticalmente variam de 50% do tamanho da tela para até 3x o tamanho da tela, enquanto as lentes horizontais trabalham com valores de 5% até 50% da largura da tela.

Se o seu projetor ficar em constante movimento ou em posições que não são as corretas, ou seja, precisarão de ajustes, considere fortemente obter um equipamento com zoom ou lentes deslocáveis.

 

6. Custo

O custo de um projetor pode variar muito. Eles começa na na casa dos R$1.200 reais para projetores de resolução 800×600 e vão até mais de R$10.000 para equipamentos em 1080p com diversas funcionalidades. Existem alguns projetores que são utilizados para grandes eventos que vão além desse valor.

Abaixo de R$1000 – Se o seu orçamento está perto de R$1000, você provavelmente terá de optar por equipamentos usados. De qualquer forma, dificilmente conseguira uma boa resolução, permanecendo na casa dos 800×600.
Entre R$1000 e R$2000 – Aqui já começamos a ter opções de projetores de alta definição (720p) e mais opções nos projetores de 600p. São bons projetores que servem bem para reuniões e salas de aula. Infelizmente, o contraste ainda não é suficiente para uma experiencia de alta qualidade com imagens em movimento / home-theater, apesar de aguentarem o tranco se necessário.
Entre R$2000 e R$8000 – É nessa faixa que estão a maioria dos projetores. A qualidade e as funcionalidades entre eles variam muito e você pode transitar entre 720p e 1080p e diversas configurações. A maior competição entre os projetores ocorre entre a faixa de R$3000 e R$4500, já que é nesse ponto que temos os melhores custo-benefício.

Acima de R$8000 – Aqui estão presentes os projetores de alta tecnologia. Basicamente eles trazem o máximo de qualidade que um equipamento pode ter, e são usados principalmente para espetáculos grandes em igrejas, shows e teatros.

Outros Custos

1 – Lâmpadas de Reposição

Diferente de uma TV, os projetores possuem lâmpadas que possuem uma vida útil finita, e que precisam ser substituídas. As lâmpadas custam em média R$500 a R$600 e a maioria dos projetores já indica a vida útil nas especificações do produto – que é de basicamente 3.000 horas. É importante ressaltar que essa informação não indica que ela vai durar exatamente 3.000 horas, e sim que ela de forma alguma passará desse tempo de uso, podendo necessitar uma substituição com antecedência, dependendo de seu uso.

Além disso, é interessante ressaltar que conforme a vida útil da lâmpada vai chegando ao seu fim, ela vai perdendo potência. Por isso, alguns usuários preferem trocá-las com maior periodicidade.

Dependendo da sua escolha, o preço da lâmpada pode ser grande parte do preço do projetor, então é importante analisar sua necessidade, a quantidade de uso do equipamento para conseguir ter uma visão de quanto tempo demorará para necessitar a reposição.

2- Telas

Se este é o seu primeiro projetor e você não está com muito dinheiro para investir, talvez acabe optando por utilizar a parede da sala como primeira tela.

Apesar de uma projeção na parede ocorrer bem, uma tela aumenta bastante a saturação e o contraste da imagem, além de ajudar na reflexão da luz. Existem inúmeras telas no mercado, com tamanhos e especificações diferentes.

Os preços de telas começam baixos, mas podem chegar a até R$2.000, quando não mais Funcionalidades tal como o tensionamento ( que deixa a tela extremamente plana) são de bastante ajuda  e aumentam bastante a qualidade da imagem. Se você utiliza a parede ou uma tela simples e deseja dar um “upgrade” em seu projetor, vale muitas vezes apenas comprar uma tela de boa qualidade. O custo benefício poderá ser bem maior!

É importante ressaltar que as telas são um investimento para a vida! Projetores são atualizados e acabam sendo substituídos, mas as telas podem ser usadas com qualquer equipamento lançado.

Diferente de uma TV, projetores possuem custos associados ao equipamento que devemos lembrar ao definirmos nosso orçamento. Das opções acima, aplique o que é interessante para o seu caso, e boas compras!

MELHORES MODELOS DE PROJETOR


BenQ benq-mx514MX514

Projetor generalista de tecnologia DLP, o MX514 possui 2700 ANSI lumens e contraste de 13000:1. Os sistemas Ecoblank e SmartEco ajudam a economizar energia e a lampada, que pode durar até 6500 horas. Estes sistemas são sistema é extremamente úteis em salas de aulas e situações de negócio. Possui resolução XGA(4:3 – 1024 x 768) e é compatível com tvs de até 1080p. O zoom de 1,1:1 ajuda a regular um pouco o equipamento quando em local não correto.

Tags: Negócios, Sala de Aula, Home Theater, HD

ONDE COMPRAR  ONDE COMPRAR II

 

BenQ MX 662benq-mx662

O BenQ MX662 é um projector de resolução nativa XGA (4:3 – 1024 x 728) , com 3500 ANSI lumens de brilho e uma taxa de contraste de 13000:1.  O diferencial do MX662 são suas funcionalidades, tais como a exibição de conteúdo por USB ou cartão de memória – Sem precisar de um computador – ou por transferencia via Wireless. O equipamento possui espaço para trava anti-roubo, e utiliza a mesma tecnologia EcoBlank e SmartECO que seus similires, proporcionando economia de energia e um aumento de vida útil da lampara de 3000 para até 6000 horas. Já vem preparado para utilizar tecnologia 3D.

Tags:  Sala de Aula, Negócios , 3D, Home Theater

ONDE COMPRAR

 

 

vivitek-d518Vivitek D518

Projetor de resolução SVGA (4:3 – 800 X 600), tecnologia DLP e 3.000 ANSI lumens bastante interessante por conta do seu preço. É bastante indicado para ser usado em casa, já que possui uma taxa de contraste de 15000:1. e compatibilidade com todas as resoluções de TV, até mesmo HDTV. Pesa quase 2kg e tem um zoom de 1.1:1 que ajuda a ajustar a tela. Boa opção para quem não quer gastar muito.

Tags: Casa, Generalista, Barato

ONDE COMPRAR  VÍDEO DE ANÁLISE

 

h1081-vivitek

Vivitek H1081

A resolução nativa de 1920 x 1080 é a principal característica desse projetor, que tem como sua especialidade transmitir videos em altíssima qualidade. Bastante indicado para ser usado em seu home theater. Possui 2000 ANSI lumens de brilho e 5000:1 de taxa de contraste, pedindo que você tenha uma sala escura e uma boa tela para demonstrar toda sua capacidade. Consumo de lampada entre 2 e 3mil horas.

 Tag: Home-Theater, HD

ONDE COMPRAR

Epson Powerlite X24+

epson-powerlite-x24-O Powerlite X24+ é um projetor de resolução XGA ( 1024 x 768 ) com 3500 ANSI lumens. Em sua opção econômica – que aumenta a vida útil da lampada, o consumo é de  2450 ANSI lumens. 10000:1 de taxa de contraste criam bastante na qualidade de imagem, e os 1.2x de zoom ajudam na regulagem. É considerado um projetor com bastante confiável e com bastante opções de entrada de sinal.

Tag: Negócios, Sala de Aula e Caseiro. 

ONDE COMPRAR

E AGORA?

Agora que você já sabe o que precisa no seu projetor, navegue pela aba de projetores caseiros para encontrar diversas análises e listas com os melhores equipamentos!

Fique atento também as ofertas da semana e ao post 15 projetores que valem a pena! Lá você pode encontrar o projetor que queria com um preço incrível!

 

Deixe um comentário!