Projetor Multimídia – Como Escolher

O QUE É UM PROJETOR MULTIMÍDIA?

Nesse post, vou falar sobre os tipos de entradas de sinal existentes e quais as sua utilidades. Então se você está procurando um guia de como escolher um projetor pensando em todas as suas características acesse nossos guias de compras: 

O projetor multimídia em sua essência é aquele que funciona com diferentes tipos de mídia. Ele pode ser tão pequeno a ponto de caber na palma da mão (tal como um projetor Pico) ou ser um enorme projetor para ser utilizado em shows e eventos.

Como o este tipo de projetor não possui um processador interno, o importante é que ele suporte o maior número de opções de entrada de sinal – que consequentemente aumentará o suporte a mais formatos de mídia.

Há algum tempo, era de extrema importância verificar esse tipo de funcionalidade, já que os equipamentos possuíam entradas de sinal bastante específicas. Atualmente, a maioria dos projetores possuem as principais entradas de sinal utilizadas no dia-a-dia, além da possibilidade de rodar diferentes tipos de arquivos diretamente no equipamento, via USB ou cartão de memória.

Para que você entenda melhor sua necessidade, vou listar abaixo as principais entradas, os principais tipos de mídia que utilizam essas entradas e e alguns projetores interessantes nesta categoria.

TIPOS DE ENTRADA DE SINAL

VGA (Video Graphics Array)

Male_VGA_connectorÉ a principal saída utilizada por aqueles que projetam apresentações em sala de aula ou sala de reunião. Você pode utiliza-lo também para projetar diretamente filmes de seu computador. Capaz de suportar resoluções de até 2048×1536px, ou seja, é capaz de reproduzir conteúdo HD.

Principais mídias: Computador,

HDMI

hdmi-cables-endsÉ Saída de alta definição que significa “High Definition multimedia interface”. A maioria dos computadores e equipamentos de vídeo atuais possuem saída neste formato, e ele suporta grande parte dos sinais que são enviados por esses equipamentos.  Esse tipo de entrada vem sendo atualizado nos últimos anos e tem como seu diferencial a capacidade de até transmitir em formato 3D ou com alta velocidade. Fique Atento: alguns computadores ainda não possuem essa entrada, apenas VGA.

 

Cabos DVI

cabo-dviOs cabos DVI se parecem com o cabo padrão de VGA, só que um pouco mais largos. Você provavelmente já se viu encarando-os e tentando entender o que são – já aconteceu comigo pelo menos.

Eles servem para criar uma conexão digital para digital entre a fonte de dados ou vídeo e o equipamento de projeção. Possuem a capacidade de transmitir áudio em até 8 canais – principal função da conexão – , mas a verdade é que dificilmente você utilizará essa conexão, já que sempre haverá um cabo VGA ou HDMI por perto.

 

USB

usb-connectorsÉ importante checar que existem dois tipos de USB.
O tipo A – como pode ser visto na imagem ao lado – existe usualmente para ser usado com pendrives, que enviarão dados para o equipamento.

O Tipo B por sua vez, servem usualmente para utilização de controle remoto ou funções de mouse.

É interessante comentar aqui que como os projetores não possuem processadores, não conseguem rodar os arquivos em power point ou excel direto do USB. Por isso que normalmente você deve passar os arquivos por softwares do fabricante que transformam as apresentações em imagens .jpeg.

Principais utilizações: Conexão de Pendrives USB – Para apresentação de Documentos, Conexão de equipamentos para controle remoto de equipamento.

S-Video e Cabos Y/C

S-video-connectionTambém chamados de SVHS, esses cabos são normalmente encontrados em televisões, Dvds, equipamentos de Tv a cabo ou de Tv por satélite. A diferença frente aos cabos compostos é que ele divide o sinal entre luminosidade e crominância. O cabo de S-Video possui claramente uma melhora em relação ao cabo composto.

Cabos Componente

SW-31050-100Cabos Componente são muito parecidos com os cabos compostos. A única diferença é que eles dividem o sinal de vídeo em três – vermelho, verde e amarelo. Eles são geralmente chamados de Y,Cr,Cb, ou Y,Pb,Pr. A maioria dos DVDs de alta qualidade e sintonizadores de HDTV possuem essa saída, que possui maior qualidade perante o cabo composto, que não consegue transmitir o sinal HD.

Cabos Compostos ou RCA

composite_cableEsses são os cabos mais comuns quando se trata de DVDs, Vídeo Cassetes e equipamentos de som. Receptores de sinal de TV um pouco mais antigos também utilizam essa saída. Infelizmente, sua qualidade de transmissão de vídeo é bem baixa, tornando-o incapaz de transmitir o sinal High Definition.

Cabos BNC

CABO_BNC_MACHO-FEMEA_-_5M_FRENTEO cabo BNC é um outro tipo de cabo composto / RCA. Ele é facilmente convertível em um RCA comum com um adaptador, e é usado principalmente por equipamentos profissionais pois trás maior firmeza na conexão. \

Cabos RGBHV

V55C-B_endsOs cabos RGBHV também são iguais aos cabos compostos. A diferença é que dividem o sinal de vídeo em 5 sinais diferentes. Vermelho, Verde, Azul e sincronização de sinal vertical e horizontal. Existe a opção de saída VGA de 15 pinos de computador para o RGBHV no projetor, que consegue transmitir o mesmo sinal.  Espera-se que esse cabo se torne um padrão para os receptores de sinal de HDTV.

 

MELHORES MODELOS

vivitek-d518Vivitek D518

Projetor de resolução SVGA (4:3 – 800 X 600), tecnologia DLP e 3.000 ANSI lumens bastante interessante por conta do seu preço. É bastante indicado para ser usado em casa, já que possui uma taxa de contraste de 15000:1. e compatibilidade com todas as resoluções de TV, até mesmo HDTV. Pesa quase 2kg e tem um zoom de 1.1:1 que ajuda a ajustar a tela. Boa opção para quem não quer gastar muito.

Tags: Casa, Generalista, Barato

ONDE COMPRAR VÍDEO ANÁLISE

 

Epson Powerlite X24+

epson-powerlite-x24-O Powerlite X24+ é um projetor de resolução XGA ( 1024 x 768 ) com 3500 ANSI lumens. Em sua opção econômica – que aumenta a vida útil da lampada, o consumo é de  2450 ANSI lumens. 10000:1 de taxa de contraste criam bastante na qualidade de imagem, e os 1.2x de zoom ajudam na regulagem. É considerado um projetor com bastante confiável e com bastante opções de entrada de sinal.

Tag: Negócios, Sala de Aula e Caseiro

ONDE COMPRAR

 

benq-gp3BenQ Joybee GP3 

O BenQ Joybee GP3 é um projetor portátil no estilo palm-top que vem com várias funcionalidades bastante interessantes. Uma delas é a memória de 2GB e a possibilidade de não precisar de um computador para rodar diferentes tipos de arquivos. Com entre 20 a 30 mil horas de vida útil de lampada e 300 ANSI lumens de potência, ele atende bem a necessidades básicas, além de possuir uma resolução WXGA (1280×800) e se adaptar a todas as outras. Pesa apenas 560 gramas e possui caixas internas de som. Infelizmente é um pouco barulhento.

Tags: Portátil, Generalista

ONDE COMPRAR ANÁLISE COMPLETA

 

benq-mx720BenQ MX720

O BenQ MX720 é um projetor que promete deixar suas apresentações em sala de aula muito mais simples e interativas. A resolução nativa XGA (4:3 – 1024 x 728) se encaixa com o formato 4:3 que é usado em apresentações e os 3500 ANSI lumens garantem a capacidade de manter uma força de luz mesmo em ambientes claros. A regulagem SmartEco e ecoblank promete 500 horas adicionais de lampada e um gasto muito menor de energia. O auto-falante de 10W serve muito bem para emergências ou salas que não tem equipamento de som instalado. O LAN Control permite um monitoramento de funcionalidades por meio de uma central. E é claro, o equipamento Já vem preparado para 3D, um grande diferencial.

Tags: Sala de Aula, negócios ( Apresentações ) , 3D, Home Theater

ONDE COMPRAR

 

 

Deixe um comentário!